Ir para conteúdo

Prefeitura
Acompanhe-nos:
Facebook
Twitter
You Tube
Sound Cloud
UNIDADES FISCAIS
URM - R$ 3,33
Notícias
Principal   Notícias
 
10/05/2017
› Viamão promove oficina de enfrentamento da violência

Sensibilizar os trabalhadores da Atenção Básica para a promoção da saúde e prevenção das violências e qualificar o cuidado das pessoas em situação de violência nos serviços da Atenção Básica, este foi o objetivo da oficina de enfrentamento à violência que foi realizada ontem, dia 09 de maio, no Walter Graf.

O tema principal das palestras foi a Atenção Básica e Violências: orientações, cuidado e possibilidades de enfrentamento. Além de sensibilizar, a ação visou qualificar o cuidado prestado às pessoas em situação de risco e fortalecer a rede municipal para as situações que chegam às escolas.

De acordo com a enfermeira Michele Galvão da Silva a violência precisa ser trabalhada como um todo e em toda a rede municipal: “A violência como um todo se configura como um grave problema de saúde pública, mas que precisa ser trabalhado com toda rede municipal”.

A oficina de enfretamento faz parte do Grupo de Trabalho intersetorial para Enfrentamento da violência, é uma ação da Prefeitura de Viamão, através da Secretaria de Saúde (SMS), e composta por diferentes integrantes de áreas técnicas da secretaria de saúde, secretaria de cidadania e assistência social e secretaria de educação, além do conselho tutelar.

Propõe trabalhar a linha de cuidados das pessoas em situação de violência e pactuar fluxos comuns de atendimento. A oficina e o Grupo de Trabalho são fundamentais para fortalecer a rede municipal, seja para o atendimento às vítimas de violência, seja para construirmos estratégias de enfrentamento da violência e para a prevenção.

 

Saiba mais:

A Organização Mundial da Saúde reconhece a violência como um grave problema de saúde pública, além de constituir uma violação dos direitos humanos, ela representa um risco maior para a realização do processo vital humano: ameaça a vida, altera a saúde, produz enfermidade e provoca a morte como realidade ou como possibilidade próxima. A violência, além de ser uma questão política, cultural, policial e jurídica, é também, e principalmente, um caso de saúde pública. A violência não é um problema específico da área da saúde. No entanto, ela a afeta, já que muitas vítimas adoecem a partir de situações de violência. Considera-se que a violência é um fenômeno complexo, que envolve fatores sociais, ambientais, culturais, econômicos e políticos. Logo, para compreender e enfrentar essa problemática, devemos analisar um conjunto de fatores, como condições de vida, questões ambientais, trabalho, habitação, educação, lazer e cultura. Situa-se como a segunda causa de morte em nossa população. Em média, as causas externas provocam 120.000 mortes por ano no Brasil. Diante disso, a violência caracteriza-se como sério problema de Saúde Pública, pois causa forte impacto na saúde da população brasileira.

 
 
 

 

Telefone Entre em contato
(51) 3492-7600
Localização Praça Júlio de Castilhos, s/n
CEP: 94410-055 - Viamão/RS
INFORMATIVOS DA PREFEITURA
© Copyright Instar - 2006-2017.
Todos os direitos reservados
Atendimento: Segunda a Sexta das 8:30h às 12h e das 13:30h às 17h

icone instar © Copyright Instar - 2006-2017. Todos os direitos reservados.